Conecte-se agora

Lançamento

T50 mostra a evolução da Jac Motors

Publicado

em

Dando continuidade aos lançamentos a Jac Motors apresenta o T50. Segundo a montadora trata-se de um facilifit do T5, SUV abaixo de 90 mil da marca, mas podemos dizer que trata-se de um modelo novo, pois mudou bastante coisa.

Mas antes de falar das mudanças do T50, vamos falar um pouco do mercado, ponto onde Sergio Habib (Presidente da Jac Motors/SHC) fez questão de frisar durante a apresentação.

Foto: Sergio Habib(presidente SHC)/Gustavo Lopes

Em 2016 a Jac Motors fechou com uma média de 7.900 veículos vendidos, já em 2018 o ano ainda não fechou mas já tem uma média de 9.623 veículos, ou seja crescimento de 14,3 %, mas a expectativa é crescer 15% ainda com a chegada de novos veículos, anunciados durante o lançamento do T50.  Sergio Habib falou um pouco do T80, SUV grande de 7 lugares que deve chegar em janeiro de 2019, sua picape média que deve concorrer com Ranger, S10, Hilux e Triton. O modelo está demorando pois estava esperando o facilift para assim trazer para o Brasil.  Inclusive eu tive a oportunidade de conhecer a picape com desenho anterior, a convite Jac Motors Total ES, o modelo conhecido como Frison, mas vale ressaltar que o modelo ainda não tem nome para o Brasil.  A picape deve ser apresentada na metade de 2019.

E ainda teremos o E40, trata-se do T40 porém 100% elétrico, o modelo é o mais vendido na China e foi o modelo escolhido pela Volkswagem para produzir um elétrico.  Sua chegada ao Brasil será em Julho, seu preço será R$ 129.990 o elétrico mais barato do Brasil.

Foto:Divulgação

T50

Como falado anteriormente o T50 nada mais é que o novo T5 e com significativas mudanças, começando pela sua dianteira onde ganhou novos faróis com Led diurno, para-choque, novo farol de neblina, novos spoiler e a nova logo da Jac Motors. Com todas essas mudanças o modelo fica mais bonito e bem mais moderno.

Na lateral teve poucas mudanças, pois é mais difícil de mudar pois mexe com toda estrutura do veículo. Mas teve algumas mudanças como novas rodas aro 16”, novos retrovisores e acabamento em cromado.

Na traseira ele recebeu nova tampa do porta-malas, nova lanternas dando um novo ar ao T50.

 

Interior

No interior o modelo apresenta muita sofisticação e tecnologia, confesso que gostei bastante, lembra bem o painel da BMW, mas com uma bela central multimídia flutuante.

A Jac está mostrando que pode conquistar o mercado, anteriormente com o T40 e agora com o T50, o SUV mostra uma grande melhora em acabamentos. Seu painel tem belo desenho, com acabamento em couro e aplique parecido com fibra de carbono e linhas de costura em vermelho.

O painel de instrumentos melhorou em comparação com o do T40, na qual foi muito criticado. Mas no T50 isso melhorou, tem um painel de instrumento simples, bonito e com fácil visualização.

Foto: Divulgação

Tecnologia

Em tecnologia a Jac tem melhorado com o decorrer do tempo, o T50 conta com central de multimídia de 8” e espelhamento de smartphone, ar condicionado digital, luzes em led e farol de neblina direcional. Outro ponto que vale destaque são as 5 câmeras espalhadas no veículo que entrega uma imagem de 360° na multimídia, isso ajuda na hora de estacionar em locais mais apertados. As imagens não são 100% na qualidade, mas ajuda nas horas mais difíceis para estacionar, além disso a câmera frontal, que já era equipado no T40 e no V260, agora também equipa o T50 mas a diferença agora é que é possível visualizar as imagens na própria central multimídia em tempo real.

Foto: Divulgação

Ao Volante

Dirigi o modelo desde a sede da Jac em SP até Sousas em Campinas durante o trajeto pude observar um pouco de seu comportamento na estrada. Dentro de São Paulo peguei bastante transito e assim senti como seria no dia a dia com o SUV. O modelo se saiu bem no anda e para da cidade, é bastante confortável e bem silencioso, além disso tem uma boa altura para o motorista e boa pegada ao volante.

Na estrada o modelo se sai bem, muito confortável, mas faltou um pouco de folego, mesmo com o novo motor 1.6 16v DVVT de 138cv . Caso precise de mais potência o ideal é usar o modo Sport assim consegue fazer as trocas manualmente.

A direção é elétrica e progressiva, mas falta fazer alguns ajustes pois ainda está leve em alta velocidade, o modelo ganhou nova suspensão, deixando o modelo mais estável e confortável.

O T50 chega a rede de concessionárias por R$ 83.990 com Pack 2 e R$ 87.990 no Pack 3.

Especial Salão do Automóvel de SP 2018

Novo Honda Accord 2019, o executivo rejuvenescido

Publicado

em

Por Alberto Panetto

A Honda finalmente trouxe para o Brasil o novo Accord. Um carro totalmente renovado, mais moderno e com linhas esportivas. Estreando sua nova plataforma, o carro apresenta o motor 2.0 Turbo VTEC, substituindo seu antigo V6, com câmbio automático de 10 marchas. Ainda destinado ao público executivo, o Honda impressiona com seu visual mais arrojado.

Por fora

Foto: SDA 2018/Gustavo Lopes

Na frente, destaque para a grade cromada em formato de asa e para o novo conjunto óptico full led, incluindo os faróis de neblina. O contraste do formato do para-choque com a grade de entrada de ar transmite agressividade, uma ousadia para o perfil do modelo. Há quem diga que lembra a dianteira do irmão mais novo, o Civic.

Na lateral, a linha de cintura ficou mais alta, com vincos salientes, acompanhando a curvatura do teto, remetendo a um cupê, aproximando-o ainda mais do Civic.

A traseira modernizou-se com as lanternas em LED e formato de bumerangue. Há ainda um discreto aerofólio, ressaltando sua esportividade, que também é destacada com suas rodas aro 18″ e as saídas duplas do escapamento.

Interior

O modelo está com o interior completamente renovado, com materiais de melhor qualidade e desenho mais ergonômico. Ficou maior também na frente e com espaço de sobra para os passageiros do banco de trás. O painel está posicionado mais abaixo, o que aumentou o campo de visão. Vale destacar a bela central multimídia de 8 polegadas. Bancos e revestimentos de portas em couro em cores claras, pode-se optar pelo preto também. Como o câmbio e o freio de estacionamento agora são acionados via botão, o console central ficou ainda mais espaçoso. A partida também é via botão, sem a necessidade de chave na ignição.

Motor e suspensão

O novo motor 2.0 Turbo VTEC com injeção direta possui 256 cv a 6.500 rpm; 37,7 kgfm entre 1.500 rpm e 4.000 rpm. São 4 cilindros, 16 válvulas, a gasolina. Com a nova configuração, o carro ficou mais silencioso e trabalha melhor as trocas de marchas, mesmo em baixas rotações. A suspensão independente é McPherson na dianteira e multlink na traseira, muito mais firme.

Foto: SDA 2018/ Gustavo Lopes

Geral

O porta-malas possui capacidade para 574 litros, o tanque de combustível comporta 56 litros, e o preço sugerido para o Brasil é R$ 198.500.

E aí, diz pra gente o que você achou do novo Honda Accord 2019. Você compraria um?

 

Fonte: Redação Clicarros

Continue Lendo

Lançamento

Spin estreia nova configuração com isenção para PcD

Publicado

em

O Spin é o veículo mais procurado de seu segmento por pessoas com deficiência e seus familiares por combinar amplo espaço interno, versatilidade e preço acessível.

A fim de ampliar a oferta de produtos elegíveis à isenção de impostos para PcD, a Chevrolet lança uma nova configuração de entrada do Spin com transmissão automática de 6 velocidades e outros itens valorizados por esse perfil de consumidor.

Derivada da versão LT, a nova configuração conta com os principais atributos do Spin, como banco traseiro corrediço, direção com assistência elétrica, multimídia MyLink com Apple CarPlay e Android Auto além do motor 1.8 Flex de alto torque.

Foi exibida uma prévia do produto durante o Salão do Automóvel de São Paulo, onde ainda foi demonstrado uma estrutura espefícia fornecida pela Cavenaghi para acesso e acomodação de cadeirante na parte traseira do veículo.

“Tamanha a relevância do Spin para o segmento PcD que o crossover era o único modelo adaptado presente no Salão do Automóvel, e esta nova configuração chega em uma faixa de preço elegível às isenções tanto de ICMS como IPI”, atenta Rodrigo Fioco, diretor de Marketing de produto da GM.

Foto: Divulgação

Por fora, a nova configuração do Spin é caracterizada pela grade pintada de cinza, rodas de alumínio aro 15 e pelo rack de teto.
No interior, há disponibilidade de ar-condicionado, computador de bordo e controle de cruzeiro. Completa a lista os ajustes elétricos para os retrovisores externos e para os vidros e travas, que podem ser comandados também de forma remota, por meio da chave.

Para quem busca ainda mais conforto e tecnologia, a Chevrolet oferece uma lista ampliada de acessórios originais para o Spin. Destacam-se o sensor de estacionamento traseiro e dianteiro, a câmera de ré, os frisos laterais exclusivos, tapetes de carpete personalizados, faróis de neblina, bancos com revestimento premium, alerta de ponto cego, além de itens para o transporte de PETs.

Recorde de vendas

Desde o lançamento do Novo Spin, na metade do ano, as vendas do modelo vêm numa forte crescente. Em novembro, o modelo emplacou 4,1 mil unidades, registrando seu melhor resultado para o período desde outubro de 2013.

O volume eleva o Spin pela primeira vez ao posto de terceiro carro mais vendido da marca, atrás apenas do Onix e do Prisma.

Outra conquista do Spin é o fato de o modelo ter alcançado a vice-liderança das vendas entres os crossovers e os SUVs urbanos compactos. O principal diferencial competitivo do Chevrolet nesta categoria é a opção de sete lugares.

“O Novo Spin mescla características de vários segmentos com evoluções em design, tecnologia e acabamento. Este reposicionamento foi pensado para atender as novas demandas do consumidor, ampliando o potencial de mercado do produto”, destaca Fioco.

Além da nova configuração com isenção para PcD, o Spin é ofertado nas versões LS (MT6), LT (MT6 ou AT6), LTZ (MT6 ou AT6) e Activ (AT6), essa com opções de 5 e 7 lugares.

 

 

Fonte: Imprensa Chevrolet

Continue Lendo

Especial Salão do Automóvel de SP 2018

Volkswagen apresenta a picape TAROK, futura rival do Fiat Toro

Publicado

em

Por Alberto Panetto.

A Volkswagen apresenta grandes novidades no Salão do Automóvel deste ano. Uma delas é a versão conceitual de sua nova picape batizada provisoriamente de Tarok.

Esse modelo vem para ocupar um espaço entre a Saveiro e a Amarok, sendo, portanto, um concorrente direto do Fiat Toro e do Renault Oroch.

Os executivos da montadora alemã, porém, desconversam quanto a previsão do modelo  ser fabricado. O que sabemos é que a picape será desenvolvida sobre a plataforma MQB, a mesma do SUV T-Cross, que será lançado já em 2019. Alias as semelhanças vão muito além da plataforma. A dianteira traz a grade com o mesmo formato, enquanto a traseira tem o mesmo estilo de lanternas com um contorno que corre por toda a parte de trás do veículo.

Ainda é precoce para falarmos sobre motorização, mas é possível que a montadora utilize o motor 1.4 TSI de 150 cv, com câmbio automático de 6 velocidades. Há rumores de que haverá uma versão a diesel. Será?

 

Confira a galeria de fotos tiradas por nosso colunista Gustavo Lopes:

A Tarok está sendo bastante elogiada pelo design e pela proposta. Agora é torcer para que a Volks decida iniciar a produção.

 

Continue Lendo

Em Alta

Hospedado por ServerPro